NÃO DEIXE DE CONFERIR!

A MASE está com diversos produtos com preços promocionais!

Receba as novidades MASE em seu e-mail Para cadastrar-se basta colocar seu nome
e email nos campos ao lado.

Cardiologistas se mobilizam pela manutenção do Farmácia Popular

A Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC - vê com indignação iniciativas do Governo Federal que trilham para o fim do programa Farmácia Popular. Uma Portaria (739/12) do Ministério da Saúde, publicada no Diário Oficial no final do mês passado, reduz na prática recursos para o programa, que são essenciais para fornecer medicamentos gratuitos ou com descontos de até 90% para pacientes com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes por exemplo. Atualmente as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no Brasil e somente nos primeiros meses do ano já provocaram a morte de 100 mil pessoas, conforme dados estimados do Cardiômetro da SBC.

SAIBA MAIS

Farmácias mobilizam-se em campanha para incentivar a vacinação

Drogarias e farmácias de todo o país promovem, entre os dias 23 e 27 de abril, a segunda etapa das Campanhas de Saúde 2018. O objetivo dessa iniciativa, encabeçada pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), é ressaltar a importância da imunização na prevenção de doenças como a gripe e orientar a população para que estejam com a vacinação em dia. A ação é gratuita e envolverá milhares de estabelecimentos do grande varejo farmacêutico, inclusive aqueles que já oferecem o serviço de vacinação.

SAIBA MAIS

Câncer já é a primeira causa de morte em 10% dos municípios brasileiros

Em 516 dos 5.570 municípios brasileiros o câncer já é a principal causa de morte. Esta é principal conclusão de levantamento inédito feito com base nos números oficiais mais recentes do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM). De acordo com a análise do Observatório de Oncologia do movimento Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), a doença avança a cada ano e, com a manutenção dessa trajetória, em pouco mais de uma década as neoplasias serão as responsáveis pela maioria dos óbitos no Brasil.

SAIBA MAIS