Receba as novidades MASE em seu e-mail Para cadastrar-se basta colocar seu nome
e email nos campos ao lado.

Fevereiro Laranja: mês de conscientização da leucemia

Fevereiro começou laranja. A cor faz referência à campanha criada para conscientizar a população sobre a leucemia, doença que afeta as células da medula óssea e é caracterizada por mutações genéticas de causas desconhecidas que fazem os glóbulos brancos (leucócitos) perderem a função de defesa do organismo. Trata-se do 9º tipo de câncer mais comum entre os homens e 11º entre as mulheres, e representa cerca de 30% dos casos de câncer entre crianças e jovens de até 19 anos. “As células doentes se multiplicam e se acumulam na medula óssea, impedindo que o berçário das células sanguíneas funcione corretamente”, explica Danielle Leão, hematologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, hub de saúde de excelência em Oncologia. “Por isso é tão importante falar sobre seus sintomas, diagnóstico e tratamento”, diz.

SAIBA MAIS

Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo promove conteúdo informativo voltado para a população

“De acordo com dados apresentados pela pesquisa ´Saúde Cardiovascular da Mulher Brasileira´, feita pela SOCESP, o estresse foi observado como mais presente em mulheres do que em homens. A realização de exercícios físicos com regularidade diminui o estresse e pode aumentar de 20% a 40% a proteção contra doenças cardiovasculares”. Este e outros conteúdos relevantes para falar diretamente ao público feminino estão em uma página exclusiva que a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo criou dentro de seu site voltado ao exclusivamente à população. A preocupação se justifica: em 60 anos, a proporção de mortes por doenças cardiovasculares em mulheres aumentou 37%.

SAIBA MAIS

Dor física e depressão: como entender essa relação?

Sabemos que as demandas e as cobranças da vida moderna associadas ao ritmo acelerado do dia a dia, sobretudo, nas grandes cidades, podem ocasionar problemas em relação à saúde física e mental – e que normalmente, são manifestados através de dores no corpo e transtornos emocionais. “Dor e depressão estão intimamente relacionadas. Estudos apontam que até 65% das pessoas com depressão apresentam sintomas dolorosos.

SAIBA MAIS